Facebook

Instagram

Publicidade








Já viu o último vídeo?



Já é seguidora?

sábado, 1 de março de 2014

Post Mortem - O Albúm dos Mortos


A morte sempre foi e será o grande mistério da vida. Por todo o mundo existem inúmeras maneiras dos vivos lidarem com a morte.

Post Mortem vem do latim e significa "após a morte".
No século XIX, na Inglaterra, mais precisamente em plena era Vitoriana (1837-1901), a Rainha Vitória pedira que tirassem uma fotografia a uma pessoa que havia morrido, não se tem a certeza de era um familiar ou amigo. Depressa esta prática se espalhou um pouco por todo o mundo e começou a ser "normal" tirar fotos ás pessoas falecidas para ficar com uma recordação.

Criar álbuns com fotos dos familiares e amigos mortos, era uma espécie de negação da morte, ao mesmo tempo que as fotografias tornavam-se recordações guardadas pela família para se lembrar daqueles que se foram.
Além disso, observa-se que "fotografias" naquela época era um grande luxo, devido ao elevado preço para produzi-las e também devido à pouca quantidade de câmaras fotográficas e profissionais disponíveis.

A fotografia "Post Mortem" em si era algo bem caro, e funcionava como última homenagem aos falecidos.No ato de fotografar a pessoa que morreu à pouco tempo, estando o corpo em estado "fresco", eram criados verdadeiros cenários elaborados com composições muitas vezes complexas de estúdio para fazer os álbuns dos mortos, e assim tornar a morte menos dolorosa.
Para essas fotos o importante era fazer parecer que os falecidos estivessem dormindo ou em posições de pessoas "vivas".
Com isso, era comum fotos com grupos de mortos e também de pessoas vivas sentados fazendo poses com cadáveres.
Em algumas montagens, eram colocadas armações de madeira por dentro da roupa dos cadáveres, ao mesmo tempo que eram maquilhados e colocados em posições como se estivessem vivos, como: em pé ao lado de familiares, sentados com pernas cruzadas em sofás, lendo livros, abraçando um ente querido, ou outra pose que fosse normal para quem estivesse vivo. E
m muitos casos os olhos eram pintados sobre as pálpebras para manter o aspecto de vivacidade que já não tinham.
Grande parte das fotos de bebês eram coloridas artificialmente para dar um tom de vida ao cadáver das crianças.


Em outros casos, após algum tempo do falecimento da pessoa, e ocorrido o "rigor mortis", era necessário inventar situações complicadas para a foto ficar natural, envolvendo a instalação de calços sob cadeiras e inclinar a câmara fotográfica para que a cena se ajustasse a posição fixa do cadáver.

Muitas destas fotos são consideradas relíquias junto de colecionadores e existem sites onde estas fotos chegam a custar muito dinheiro. Vejam aqui, por exemplo no Ebay.

Sinais a procurar: uma estrutura junto aos pés; mãos mais escuras que a cara; poses pouco naturais; olhos fechados; olhos esbranquiçados; normalmente estão de pé; pessoas a tocarem-lhes; adereços à sua volta, entre outras coisas.
Mulher morta, reparem na coloração das mãos.

Homem morto, reparem na estrutura junto aos seus pés.



Homem morto, reparem na estrutura e nos pés que não estão completamente apoiados no chão.

Mulher morta, reparem nos olhos fechados.

Bebé morto, reparem nos seus olhos esbranquiçados.

Homem morto, reparem na sua posição pouco natural, tem uma estrutura a apoiar o seu pescoço e mais uma vez, pés levantados.

Menino morto, reparem na estrutura junto aos pés.

Homem morto, reparem nas mãos cerradas e na estrutura junto aos pés.

Rapaz morto, mais uma vez as mãos cerradas e a estrutura junto aos pés.


Menina morta, reparem nas mãos inchadas e na estrutura junto aos pés.

Gémeos e mulher mortos, reparem nas mãos inchadas dela e nos seus olhares vidrados.

Bebé morta, data de 1851.

Homem morto, reparem na estrutura junto aos pés. Data de 1880.

Pelo menos o homem está morto, reparem na sua coloração e os olhos esbranquiçados. Data de 1950.

O menino da direita está morto, reparem na estrutura junto aos seus pés.

Pelo menos a mãe está morta e muito provavelmente deve de ter tido uma morte violenta pois está toda coberta, muito possivelmente, desfigurada.

Duas meninas mortas, reparem nas estruturas e nos olhos esbranquiçados.

Senhora morta, reparem nos olhos, desta vez cobriram as mãos.

Fotos: Internet

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...